Carregando...

O CAMINHO DA ESPERANÇA
05 a 11/04/21

1º passo = Encontro
(acolhida) | 10 min

(Cafezinho, se houver. Também pode ser oferecido no final da reunião). Quebra-gelo: Escolha no seu livro, um quebra-gelo ideal para sua célula.

2º passo = Exaltação
15 min.

(As músicas devem corresponder ao louvor e à adoração)

Louvor

1) à escolha
2) à escolha

3º passo = Edificação
(ensino) 40 min
Leitura:
Lc 24,13-35
Salmo:
150

Vivemos um tempo de esperança: o tempo da Páscoa, em que celebramos Cristo ressuscitado. A Palavra de Deus proclama esta verdade em diversas passagens e sabemos: a ressurreição de Jesus é o ponto máximo de nossa fé. Na verdade, podemos afirmar que Jesus Cristo vivo é, de fato, a nossa fé. 

Ser de Deus é crer em um Deus vivo e presente. Nossa fé nos garante que não estamos sozinhos e que o mal não tem poder absoluto sobre nossa vida, porque Cristo garante a vitória sobre tudo o que nos quer derrotar: a morte, o pecado, a desilusão…

Como podemos sentir a presença de Jesus? A passagem que acabamos de ler, a quem o Papa Francisco já chamou de “terapia da esperança”, nos dá diversas dicas.

1-Jesus caminha conosco: “Enquanto iam conversando e discorrendo entre si, o mesmo Jesus aproximou-se deles e caminhava com eles. Mas os olhos estavam-lhes como que vendados e não o reconheceram” (vers. 15 e 16).  Sabemos que Jesus está conosco, mas a dificuldade e as provações nos vendam os olhos. Como os discípulos de Emaús, ao focar demais no drama da vida (vers. 18 a 20), esquecemos de olhar pela fé a presença de Cristo. Os discípulos de Emaús se sentiam derrotados, traídos, desanimados e decepcionados, pois tinham colocado em Cristo suas esperanças, e para eles, Ele estava morto e enterrado. Quantas vezes somos tomados pelo mesmo desânimo e sentimento de decepção, pois esperamos de Deus uma reviravolta em nossa vida e parece que Deus não faz nada, parece que ele está morto. Mas não é nada disso. Ele está ao seu lado, tenha certeza! 

2-O pequeno grupo reunido: “Jesus aproximou-se deles e caminhava com eles” (vers. 15). A reunião cristã atrai a presença de Cristo e Ele faz grandes coisas mesmo em nossos encontros virtuais. Ele mesmo prometeu estar presente quando as pessoas se reunissem em seu nome. “Porque onde dois ou três estão reunidos em meu nome, ali estou Eu no meio deles” (Mt 18,20). Quando você se reúne com os membros de sua célula, mesmo online, Cristo está presente de uma forma especial, trazendo força, ânimo e realizando milagres. Quantos testemunhos temos em nossas células: empregos, curas, restauração matrimonial! Cristo disse: “Se dois de vós se unirem sobre a Terra para pedir, seja o que for, consegui-lo-ão de meu Pai que está nos céus” (Mt 19,19). Veja a importância da oração em família, do encontro celular: esses momentos são verdadeiramente nós com Cristo ressuscitado. 

3- Na palavra de Deus: “Não se nos abrasava o coração, quando ele nos falava pelo caminho e nos explicava as Escrituras” (vers. 32). O contato diário com a Bíblia nos leva ao contato com Cristo vivo, que fala conosco e dirige nossa vida. A Palavra de Deus, quando lida e vivida, transforma nossa vida.

4- Eucaristia: “Eles, por sua parte, contaram o que lhes havia acontecido no caminho e como tinham reconhecido ao partir do pão” (vers. 35). A ceia do Senhor traz um mistério: a presença de Jesus. Esta presença de Cristo na ceia nos comunica sua vida e força. Quando participamos regularmente da comunhão, experimentamos a ressurreição de Cristo, sua vitória. “Quem come a minha carne e bebe meu sangue tem a vida eterna e eu o ressuscitarei no último dia” (João 6,54). Sabemos que estamos temporariamente privados deste encontro presencial com o Corpo de Cristo, mas podemos nos alimentar espiritualmente, por meio dos diversos canais de comunicação. Não deixe de viver a Santa Missa em casa, mesmo em tempos tão desafiadores.

O encontro de Jesus com os discípulos de Emaús é muito rápido, mas muito intenso. Então, o que era uma simples estrada se tornou local do nascimento e destino de nossa Igreja. É simbólico pensar na estrada de Emaús como nossa Igreja: caminhamos juntos, ali, entre nossas expectativas e desilusões, e, a todo momento, Jesus se revela a nós e nos dá alívio, nos traz alegria, renova as forças e a fé! Realiza conosco, todos os dias, a terapia do encontro e esperança!

Jesus ressuscitou, aleluia!


Pergunta: 
1.    De que forma você tem percebido a presença de Jesus Vivo no seu dia a dia?

 


MEDITAÇÃO: “Todos nós, na nossa vida, tivemos momentos difíceis, escuros; momentos nos quais caminhávamos tristes, pensativos, sem horizontes, somente com uma parede diante. E Jesus está sempre ao nosso lado para nos dar a esperança, para aquecer o coração e dizer: Vá em frente, eu estou contigo. Vá em frente. O segredo da estrada que conduz a Emaús está todo aqui: mesmo diante das aparências contrárias, nós continuamos a ser amados, e Deus nunca deixará de nos amar. Deus caminhará sempre conosco, sempre, mesmo nos momentos mais dolorosos, também nos momentos mais feios, também nos momentos de derrota: ali está o Senhor. E esta é a nossa esperança. Caminhamos adiante com esta esperança! Porque Ele está conosco e caminha conosco, sempre!” – Papa Francisco na catequese Emaús, o Caminho da Esperança.

VIVÊNCIA: Jesus está vivo, ressuscitado, venceu a morte e nos salvou. Quem está precisando ouvir esta mensagem? Quem próximo a você precisa de uma terapia de esperança? Fale com essa pessoa, leve uma palavra de fé, ore com ela e por ela! 


Estudos Anteriores

Colaboradores da evangelização pela comunicação