ENSINA-NOS SENHOR, A DEDICAR TEMPO
SILÊNCIO E ATENÇÃO À ESCUTA DA VOSSA PALAVRA

Semana do Socorro Profissional

Saiba Mais

Agenda eventos

Procissão de Ramos abre as atividades da Semana Santa

           

 

Milhares de fiéis acompanharam ontem, dia 29, a Procissão de Ramos, realizada pela paróquia Espírito Santo.
Com ramos nas mãos e muito dispostos, os participantes saíram da Praça Cândido Bertollini, e caminharam pelas ruas do bairro, atravessando as avenidas Perseu e Cassiopéia, passando pelas ruas Gravataí, Jequié e Ipiau.
A procissão, que tradicionalmente dá início ás atividades da Semana Santa, terminou com a missa solene, na igreja.
Entenda o significado desta celebração
"Hosana ao Filho de Davi, Que Deus abençoe aquele que vem em nome do Senhor! Hosana a Deus nas alturas dos céus"! (Mt. 21,9)
Com esses gritos de exaltação, o povo de Jerusalém recebeu Jesus, que vinha a cidade para a celebração da Páscoa Judaica. A multidão estendeu mantos e ramos, para a passagem do Mestre, que adentrava triunfante, montado num jumentinho. Era domingo, e esse dia ficou eternizado na doutrina católica, como Domingo de Ramos: o primeiro dia da Semana Santa.
Segundo a bíblia, o fato de Jesus ter entrado em Jerusalém, montado num "jumentinho – filho de jumenta" aconteceu para que se fizesse cumprir as escrituras. (Mt. 21, 4-5). O jumento, além de simbolizar humildade, naquela época, também era considerado um animal da paz. Reis e soldados, quando queriam dominar os povos e fazer a guerra, entravam nas cidades montados em cavalos e quando queriam paz, chegavam montados em jumentos. "A grande simbologia, de Jesus ter entrado em Jerusalém montado num jumento, é a de que Ele veio para servir, e não dominar", afirma o Padre Luís Fernando Soares.
A Procissão de Ramos, na manhã do domingo, é a primeira celebração da Semana Santa que está oficialmente dentro da liturgia Católica. Ela começa em uma capela, ou outro local, afastado da igreja, onde será celebrada a missa solene. Os fiéis, munidos de ramos (folhas de palmeiras e outras folhagens semelhantes) já bentos pelo sacerdote, acompanham o cortejo ao som de musicas e orações, após a leitura do Evangelho sobre a entrada de Jesus em Jerusalém. Até aí, a celebração é festiva, mas muda de caráter, durante a missa, quando é lido o Evangelho da Paixão. Segundo explica o Padre Luís Fernando, as celebrações da Semana Santa que estão na liturgia católica são: o Domingo de Ramos e o Tríduo Pascal (que começa na quinta-feira e termina na vigília do sábado). Todas as outras celebrações são frutos da religiosidade popular, ou seja, estão na tradição do povo, mas não fazem parte da liturgia, propriamente dito.

Texto e foto: Solange Carvalho

Semana Santa

Conheça a programação da Semana Santa e participe das atividades em nossa paróquia.

Semana Santa 2015 Baixa

Padre Luis Fernando embarca para a Terra Santa

Saiba mais sobre essa viagem de encontro com Deus...

Uma viagem de peregrinação. Assim o Padre Luís Fernando define sua viagem á Terra Santa, que acontece de 06 a 11 de abril. Ele embarca como diretor espiritual do grupo, e deve percorrer lugares santos, desde Tel Aviv até Jerusalém, passando por pontos bem conhecidos das Escrituras, como Cesárea, Monte Carmelo, Tiberíades, Monte Tabor, Tabga, Bem-aventuranças, Caná da Galileia, Nazaré, Rio Jordão, Betânia, Belém, Ein Karen, Monte das Oliveiras, Monte Sião e Emaús.

Segundo explica o padre, o papel principal da direção espiritual, numa viagem como esta, é induzir os peregrinos a uma reflexão sobre a palavra de Deus, levando-os a um autoexame de suas vidas espirituais e estimulando assim, o encontro com Deus e a conversão. “Esta será a sexta vez que vou fazer essa viagem, e sempre tem alguém que realmente se converte. Pessoas que estavam longe da igreja, e depois da viagem, voltam a fazer parte dela”, afirma.

Durante o roteiro são rezadas missas diárias, em pontos de visitação previamente marcados pelos organizadores, além de outros ritos, como por exemplo, a renovação dos votos do matrimônio, em Caná da Galileia, onde Jesus transformou a água em vinho, numa festa de casamento. O padre conta que, ás margens do Rio Jordão, é feito um ato simbólico de renovação das promessas do batismo. As pessoas entram no rio e é jogada água sobre a cabeça, conforme era feito no tempo de Jesus.

Um dos pontos alto da peregrinação, é a Via Sacra. O grupo percorre o caminho que Jesus percorreu durante a sua Paixão, desde o Pretório de Pilatos até o Calvário. “A gente passa por dentro de um mercado. Fazemos a reflexão no meio dos comerciantes. Tem gente que acha estranho, mas quando Jesus passou por lá estava assim. É comum a vida de Deus se inserir na vida das pessoas”, completa o padre.

O lugar mais visitado pelos turistas do mundo todo é o Santo Sepulcro, onde foi depositado o corpo de Jesus após a crucificação, e de onde ele ressuscitou. De acordo com a supervisora de vendas, da agência Peregrunus, Francine Mendes, as filas para visitar esse lugar santo são muito grandes. O tempo de espera é de aproximadamente uma hora. Dentro do local, a visita tem que ser rápida. Não se pode nem tirar foto, tudo para não atrasar o fluxo de pessoas. “Se alguém começa a demorar muito, logo vem uma das pessoas que tomam conta do local e pede para a pessoa sair logo”, explica.  Apesar disso, a visita ao Santo Sepulcro vale muito a pena.  “Há uma comoção geral na hora que as pessoas entram lá. Muitos choram emocionados, outros pedem para ser abraçados, mas sempre há uma manifestação de emoção”, completa.

Para terminar, o Padre Luís Fernando conclui que, visitar a Terra Santa, é mesmo um exercício de fé. Segundo ele, o peregrino deve fazer essa viagem, não para encontrar a Terra Santa, mas para encontrar o Santo da Terra. “O que vale a pena é mesmo o encontro com Deus. Os lugares são simbólicos, não têm poder especial, mas o que realmente provoca a conversão é a presença de Deus que há nesses lugares”. Finaliza.

A agência de viagens ressalta que, apesar das notícias sobre conflitos religiosos e políticos, que comumente ocorrem na região do oriente médio, os lugares visitados nessa peregrinação, são muito seguros. Segundo ela, esses conflitos ocorrem mais na chamada Faixa de Gaza, que fica longe dos lugares santos. Mas apesar disso, por segurança, é mantido sempre um guia local que, ao menor sinal de perigo, avisa a coordenação do grupo e as atividades são imediatamente suspensas.   

Para os interessados em participar dessa peregrinação com o Padre Luís Fernando, ainda há tempo. A agência de viagens Peregrinus, que organiza a viagem, atende pelos telefones (12) 3204 5195 – 3013 9183. “Damos toda assistência ao turista, desde o auxilio, na retirada do passaporte, até as orientações sobre alimentação, modo de se vestir nos lugares santos, onde fazer compras e tudo mais que ele precisar”. Finaliza Francine.

Ação Social

Obra Social

Participe desse grande evento! Dia 07/03, das 8h às 12h, no prédio da Obra Social. Convide seus amigos e vizinhos!

 

Neste sábado, dia 07, promoveremos mais uma Ação Social, das 8h às 12h, no prédio da Obra Social Nossa Senhora de Fátima, em comemoração ao Dia Internacional da Mullher.

Convide seus vizinhos, amigos, divulgue no seu trabalho, na sua rua, em seus grupos. Vamos fazer desse dia um grande sucesso para ajudar quem precisa de atendimento gratuito nessas áreas.

Programação:
8h às 10h
* Orientação psicológica individual com Valéria, Jacqueline e Angelita
* "Como se apresentar, comportar e vestir-se para entrevistas de emprego", com Marcos Myano e Tereza Rocha
8 às 12h
* Orientação jurídica com Dra Julieta, Dra. Fátima, Dra. Patrícia, Dra. Sueli e Dr. Flávio.
* Farmácia Comunitária em funcionamento com os voluntários Sr. Rubens, Letícia Paixão, Lourdes e Ana
* Aferição de pressão arterial e teste de diabetes com Elza e voluntários da Cruz Vermelha
* Exame clínico dos dentistas - Dra Thamires, Dra Adriana, Dra Emily e Dra Graziela
* Escovas com a equipe do curso de cabeleireiro Estela, Beth e Eliana (vir com cabelo lavado)
* LImpeza de pele, maquiagem e manicure com Tânia (apoio de consultora Mary Kay)
9h às 10h*
Reflexão em grupo "Como olhar para si e cumprir a múltipla jornada feminina", com a pisocóloga Angelita Rodrigues
10h às 11h
* Reflexão em grupo "Educação dos filhos x educadores", com Lilian Souza
* Orientação de carreira com Adalberto Cavinato
11h às 12h
* Orientação para elaboração de currículos, com Solução Empregos
Durante toda a manhã teremos alongamento e zumba, além da distribuição de brindes (squeezes).

Católicos rezam por chuva às margens da represa do Jaguari

Fiéis fizeram celebração na manhã deste domingo (8) em São José.
Iniciativa partiu de advogada preocupada com seca que afeta a região.

São Pedro nunca foi tão requisitado pelos católicos. Preocupados com a seca no sudeste do país – que afeta os reservatórios de água da região – cerca de 20 católicos se reuniram na manhã deste domingo (8) para orar pela chegada de chuva às margens da represa do Jaguari em São José dos Campos (SP).

A iniciativa partiu da advogada Stefannie dos Santos Ramos, de 26 anos, integrante da Paróquia Espírito Santo, que decidiu reunir os fiéis na represa após ver fotos do lugar praticamente seco. "Fiquei chocada com a situação. Às vezes a gente não sente na pele o problema e a ideia de ir até lá é para que as pessoas se sentissem tocadas", afirma Stefannie.

A represa de Jaguari, faz parte do sistema do Rio Paraíba do Sul, responsável pelo abastecimento Vale do Paraíba e no Estado do Rio de Janeiro. Atualmente o reservatório opera com cerca de 2% da sua capacidade total.

A celebração teve como inspiração uma passagem da Bíblia, na qual Elias clama a Deus por chuva e é atendido. "Elias chamou pela chuva e com muita fé ele clamou e agradeceu. Logo depois, Deus mandou a chuva que eles necessitavam", explica a advogada. No local, os fiéis também cantaram hinos religiosos.

Além da oração feita às margens do reservatório, Stafannie também planjea envolver os integrantes da paróquia em outras ações para conscientização do consumo. "Pedimos que as pessoas continuem fazendo orações para que não falte água e que tentem chegar ao consumo mínimo em suas casas. Cada um tem que fazer sua parte também", diz. Além da Jaguari, a bacia do Paraíba do Sul também é composta pelas represas Santa Branca e Funil.

Interligação
No fim de janeiro, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) apresentou ao governo federal o edital para obra de interligação do Rio Paraíba do Sul ao Sistema Cantareira. O empreendimento será executado pela Sabesp e vai custar mais de R$ 830 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). As obras devem começar no primeiro semestre deste ano.


O projeto prevê a construção de um túnel de 20 quilômetros para ligar a Represa Jaguari até a represa Atibainha, no Sistema Cantareira. A transferência será feita nos dois sentidos quando sobrar água nos reservatórios. A previsão é que a transferência no sentido Jaguari - Atibainha fique pronta em um ano e meio. O bombeamento no sentido inverso só estará pronto no fim das obras, daqui a quase três anos.

 

Fonte: G1.Globo

Cada casa, uma célula que cresce e se multiplica; cada membro, um discípulo e missionário de Jesus Cristo.

Missas

| 2ª feira | 7h (Celebração)
| 3ª feira | 7h e 19h30
| 4ª feira | 7h e 19h30 (Setor)
| 5ª feira | 7h, 12h15 e 19h30
| 6ª feira | 7h e 15h15
| sábado | 19h (Igreja e CP4)
| domingo | 7h30, 10h, 12h,
17h30 e 19h30

Confissões

| 3ª feira | 17h30
| 4ª feira | 9h30
| 5ª feira | 9h30
| 6ª feira | 9h30
| Sabado | 10h

Programação de 18 a 24/06/2018

 

(12) 3931-2959

Avenida Cassiopéia, 461
Jardim Satélite, São José dos Campos/SP
12230-011

 

Regiao Pastoral V Banner site