ENSINA-NOS SENHOR, A DEDICAR TEMPO
SILÊNCIO E ATENÇÃO À ESCUTA DA VOSSA PALAVRA

Noite de Oração para Casais em novembro

Noite de Oração para Casais

A Rede de Casais convida a todos para sua Noite de Oração para Casais. O evento acontece nesta sexta-feira, dia 20/11, a partir das 19h30, na igreja. Participe!

Encontro de Alunos da Ziza Fernandes

Ziza

Na quarta-feira, 18/11, os alunos do Curso de Expressão Viva, ministrado pela cantora e musicista Ziza Fernandes, estarão na Paróquia Espírito Santo partilhando a experiência de fazer parte desse musical e de toda vivência ao longo do ano. O evento acontece a partir das 19h, no Espaço Vida, com entrada franca.

A Oficina Viva tem como objetivo dar formação humana e musical a cantores (mas não exclusivamente para eles) em todo o país. O curso tem duração de onze meses e reuniu mais de 250 alunos nas turmas de São Paulo, Rio de Janeiro e São José dos Campos. 

Hallel Vale 2015

Hallel Vale

Acontece no próximo final de semana, 14 e 15 de novembro, o Hallel Vale 2016, grande evento de evangelização pela música. Mais uma vez, o Hallel será realizado no distrito de Eugênio de Melo, com extensa programação que inclui oração, adoração, partilha e muita música. Para participar, é solicitada a doação de um quilo de alimento não perecível. Confira a programação completa no Facebook Hallel Vale.

Primeira Eucaristia e Crisma

Paroquia Espirito Santo IPES 595 Site4

A Paróquia Espírito Santo convida a todos para participarem das missas que celebram a Primeira Eucaristia e Crisma de paroquianos de nossa comunidade. As missas de Crisma neste ano serão realizadas em dois dias: 14/11 e 05/12, sempre às 19h. Já a missa da Primeira Eucaristia será celebrada no dia 21/11, às 17h.

Dízimo: partilha e fé

Dízimo

Na passagem da viúva pobre (descrita em MC 12, 42-44), que mesmo tendo muito pouco, leva suas pequeninas moedas e as oferta de coração, Jesus resume o verdadeiro significado do dízimo no Novo Testamento.

Esse ato de doar o dízimo, que no Antigo Testamento era tido como “lei”, e que como tal, possuía regras, no Novo Testamento, à luz dos ensinamentos de Jesus, ganha nova conotação e passa a significar, não uma lei, mas um ato de fé e de agradecimento pelas bênçãos que todos os dias recebemos de Deus.

O que o Catecismo diz quando cita o quinto Mandamento da Igreja é: “Os fiéis cristãos têm ainda a obrigação de atender, cada um segundo as suas capacidades, às necessidades materiais da Igreja”. O Código de Direito Canônico (Cânon 222 § 1) prevê: “Os fiéis têm obrigação de socorrer às necessidades da Igreja, a fim de que ela possa dispor do que é necessário para o culto divino, para as obras de apostolado e de caridade e para o honesto sustento dos ministros.”.

O dízimo e a caridade

Mas o dízimo não tem apenas a função de manter a igreja em suas necessidades temporais, ele também configura em atender a comunidade. Quanto à caridade, é importante notar que a Antiga Lei não tinha estabelecido o dízimo apenas para o sustento dos ministros, mas também para socorrer os pobres e necessitados.

Para isso, não existem limites. Santo Tomás, com grande inteligência e fidelidade ao Evangelho, diz: Não se devem esperar leis para fazer o bem. Existem, de fato, a lei natural e a lei eclesiástica; mas a lei da caridade deve brotar disto que está no Evangelho: Jesus, rico que era, fez-se pobre para nos enriquecer a todos. Do mesmo modo, devemos seguir essa “imitatio Christi – imitação de Cristo” e socorrer os mais necessitados”, conclui.

Segundo explica a coordenadora da pastoral do dízimo, Laura Aparecida Courbassier, a opção pelo dízimo nasce quando o cristão começa a dar valor à palavra de Deus. Ao invés de só pedir, aprende também a agradecer não só os bens espirituais, mas também os bens materiais. “Os dizimistas são pessoas muito queridas porque compreenderam o dízimo como palavra de Deus revelada na Sagrada Escritura. São pessoas que, na fidelidade e na perseverança são responsáveis pela casa de Deus. Devemos acreditar no dizimo como oferenda que agrada ao Senhor”, conclui.

Diferença entre dízimo e oferta

A entrega do dízimo normalmente é mensal, porque a maioria das pessoas recebe salário todo mês. Já os que recebem semanalmente, por exemplo, podem combinar de entregá-lo uma vez por semana. O importante é saber que o dízimo deve ser entregue na comunidade com a mesma regularidade com que se recebem os ganhos regulares. Já as ofertas são doações espontâneas, com as quais o fiel também pode e deve participar da vida em comunidade, mas nesse caso não existe a regularidade como no caso do dízimo. Você pode e deve doar na hora do ofertório, durante as missas, ou fazer depósitos nas caixas de coleta.

As três dimensões do dízimo

Dimensão religiosa: o dízimo deve suprir com recursos, todas as necessidades diretas ou indiretamente ligadas ao culto e aos seus ministros. Gastos com o templo (construção e manutenção), salário do padre e dos funcionários, encargos, energia elétrica, água, telefone, impressos, paramentos litúrgicos, velas, vinho, hóstias, equipamentos de som, audiovisuais e etc.

Dimensão social: neste aspecto, o dízimo deve suprir as necessidades dos irmãos mais necessitados da comunidade atendidos pelas pastorais sociais. Também é importante que esse trabalho supere o mero assistencialismo e busque a promoção do ser humano, a conscientização dos direitos e deveres de todos, sem deixar de exercer a misericórdia, a justiça e a compaixão, em vista de resgatar a dignidade dos irmãos assistidos.

Dimensão missionária: o dízimo deve sustentar financeiramente as ações de evangelização da comunidade exercidas fora do território da paróquia. Ajuda à Cúria, ao Seminário e às missões de um modo geral.

Cada casa, uma célula que cresce e se multiplica; cada membro, um discípulo e missionário de Jesus Cristo.

Missas

3ª feira: 7h e 19h30
4ª feira: 7h e 19h30 (Setor)
5ª feira: 7h, 12h15 e 19h30
6ª feira: 7h, 15hAB 
Sábado: 19hB (Igreja e CP4)
Domingo: 7h30, 10hB, 12hB, 17h30
e 19h30B

Programação válida de 16/10 a 22/10

Confissões

3ª feira: 17h30
4ª feira: 9h30
5ª feira: 9h30
6ª feira: 9h30
Sábado: 10h

Chegar com 40 minutos de antecedência

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(12) 3931-2959

Avenida Cassiopéia, 461
Jardim Satélite, São José dos Campos/SP
12230-011

 

Regiao Pastoral V Banner site