ENSINA-NOS SENHOR, A DEDICAR TEMPO
SILÊNCIO E ATENÇÃO À ESCUTA DA VOSSA PALAVRA

Saiba Mais

Mensagem do Dia - 20/09/2018

Bom dia, mesmo nos dias mais escuros, em que a paz nos falta, volte-se para as suas orações e encontre em sua fé no que te falta para superar seus medos e suas angústias. Confie em Deus e vá atrás dos seus sonhos. Sem medo, sem esperar. Seja, viva, e deixe que nosso Senhor realize seus planos em sua vida. Que Deus ilumine seus passos nessa quinta-feira!

A felicidade do perdão | 23 a 29/07/2018

Data: 23 a 29/07/2018

Tema:“A felicidade do perdão”

Salmo: Lucas 1, 46-55 (Magnificat)
Leitura: Salmo 31 (32)

Ouça o estudo da semana

Introdução: Pecado, uma palavra bastante incômoda, que parece não fazer mais parte do vocabulário de pessoas modernas, livres de sentimentos de culpa e preconceitos. É verdade que os tempos mudaram, mas os preceitos do Senhor continuam os mesmos. Deus nos ama e por isso, coloca regras e limites para nós, como um sinal de trânsito vermelho, que indica “pare”! Quando não obedecemos ao sinal, provocamos acidentes que podem machucar ou serem fatais para nós e para os outros. Deus ao nos dar suas orientações, age como pai, que quer o nosso bem e por vezes, proíbe para que tudo venha a correr bem para nós. Só aceita o pecado como desobediência a Deus aquele (a) que se vê, amado (a) por Ele e confia plenamente Nele. Para aquele (a) que pecou, Deus age com misericórdia e perdoa. O perdão de Deus é maravilhoso, pois nos coloca novamente no caminho da felicidade.

1 – O perdão de Deus traz felicidade: “Feliz aquele cuja iniquidade foi perdoada, cujo pecado foi absolvido”. (versículo 1). Todos nós desejamos a felicidade. Às vezes, pensamos que qualquer coisa ou pessoa pode nos fazer feliz. Você já ouviu a seguinte expressão: “Eu tenho o direito de ser feliz”. Muitas vezes esta frase é dita por pessoas que andam na contramão da vontade de Deus. O que importa, muitos dizem, é que eu seja feliz a qualquer preço. Mas é interessante notar que muitas pessoas que repetem constantemente esta frase, na verdade, não são felizes. Querem se convencer e convencer os outros que são, mas por dentro, estão tristes, angustiadas, trazem sentimentos de culpa e remorso. Somente o perdão de Deus pode restabelecer a paz e trazer a verdadeira felicidade.

2 – O pecado traz consequências: “Enquanto me conservei calado, mirraram-se-me os ossos entre contínuos gemidos. Pois, dia e noite, vossa mão pesava sobre mim; esgotavam-se-me as forças como nos ardores do verão”. (versículo 3-4). O pecado gera múltiplas e graves conseqüências, em todos os campos:

  • Área física: “mirraram-se-me (envelheceram-se) os ossos”- (versículo 3) – doenças.
  • Área emocional: “...Entre contínuos gemidos...esgotavam-se-me as forças...” – (versículo 3-4) – angústia, medo e depressão.
  • Área financeira: “como nos ardores do verão” – (versículo 4) – tempo seco, miséria.

3 – Outras consequências do perdão de Deus: “Disse: sim, vou confessar ao Senhor a iniquidade. E vós perdoastes a pena do meu pecado”. (versículo 5) - reconciliação com Deus, paz com Ele, consigo mesmo e com os outros – volta ao equilíbrio interior.
          
- “Assim também todo fiel recorrerá a vós no momento da necessidade.” (versículo 6) – certeza de vitória em todos os momentos, pois existe consciência da presença e proteção de Deus.

- “Vós sois meu asilo, das angústias me preservareis e me envolvereis na alegria de minha salvação”. (versículo 7) – alegria interior. O pecado provoca tristeza; o perdão traz alegria.

Conclusão: Quando há o genuíno arrependimento, Deus apaga completamente os pecados do homem, e, assim como dista o oriente do ocidente, Deus os aparta completamente e nunca mais o homem se lembrará deles.  

Perguntas

1- Como você se sente após pedir e receber o perdão de Deus?


 

5 º passo - Entrega (oração) – 10 min

  1. Orar uns pelos outros (após breve partilha);
  2. Orar pelas células, áreas e redes, líderes, supervisores e coordenadores;
  3. Orar por todas as pastorais e movimentos;
  4. Pelos encontros de formação de líderes;
  5. Orar pelo padre Luis Fernando, para que tenha sabedoria, discernimento e revelação para o pastoreio da visão celular e da paróquia;
  6. Orar pelo vigário, diáconos, por toda a liderança paroquial e funcionários;
  7. Por todo trabalho de células;
  8. Orar pelas células que ainda não se multiplicaram este ano;
  9. Orar pelos aniversariantes do mês;
  10. Orar pela nossa escola de formação permanente (ECEFP)
  11. Orar pelo nosso Bispo Dom Cesar.
  12. Orar pelo VII Congresso Nacional Católicos em Células (07 a 09/09/2018)

DEUS ABENÇOE SUA VIDA PESSOAL E PROFISSIONAL, SUA SEMANA, SUA FAMÍLIA, SUA REDE E SUA CÉLULA.

Cada casa, uma célula que cresce e se multiplica; cada membro, um discípulo e missionário de Jesus Cristo.

Missas

2ª feira | 7h (Celebração)
3ª feira | 7h | 19h30
4ª feira | 7h | 19h30 (Setor 10
Rua Pedro Tursi, 200)
5ª feira | 7h | 12h15 | 19h30
6ª feira | 7h | 15h15
Sábado | 19h (Igreja e CP4)
Domingo | 7h30 | 10h | 12h |
17h30 | 19h30

Confissões

3ª feira | 17h30
4ª feira | 9h30
5ª feira | 9h30
6ª feira | 9h30
Sábado | 10h


Programação de 17 a 23/09/2018

 

(12) 3931-2959


Avenida Cassiopéia, 461
Jardim Satélite, São José dos Campos/SP
12230-011


 Regiao Pastoral V Banner site