ENSINA-NOS SENHOR, A DEDICAR TEMPO
SILÊNCIO E ATENÇÃO À ESCUTA DA VOSSA PALAVRA

Semana do Socorro Profissional

Jesus e os “5 Es” (O acolhimento) | 23 a 29/04/2018

Data: 23 a 29/04/2018

Tema: Jesus e os “5 Es” (O acolhimento)
Salmo: 116,1-7 (NTLH)
Leitura: Mt 11,25-30

Ouça o estudo da semana

Quando você entra em uma loja, em um restaurante ou qualquer outro ramo do comércio, o que mais você espera é ser bem recebido, bem acolhido, não é verdade? Por quê? A resposta é fácil: todos nós gostamos do bom atendimento, de sermos bem recebidos e bem tratados, por isto se investe fortunas em treinamento para que o “cliente” seja tratado da melhor maneira possível. É o cliente que mantém o seu negócio de portas abertas e tratá-lo bem é hoje uma prioridade, especialmente em uma época de grande concorrência.

Na Igreja, este tema também se tornou a ordem do dia, haja vista a criação de uma Pastoral da Acolhida, hoje presente em todas as paróquias. Anos atrás foi realizada uma pesquisa para se saber quais motivos que levam um católico a sair de nossa Igreja, foram tabuladas várias respostas, mas a alternativa que mais se apontou foi a falta de acolhimento, as pessoas não se sentiam acolhidas, pertencentes a Igreja.

Se hoje investe-se muito em acolhimento, a Palavra de Deus já há milhares de anos registra esta “ferramenta” de marketing imprescindível nas relações humanas e em vendas.

Abraão acolheu muito bem a anjos sem mesmo saber (Gn 18,1-8) e o apóstolo Paulo diz textualmente: “esmerai-vos (aperfeiçoar, aprimorar) na prática da hospitalidade” (Rm 12,13). Jesus, “o melhor líder de célula que já existiu”, sabedor da importância de se acolher bem as pessoas para que sua obra continuasse, praticou muito bem este primeiro “E” de nossa “Estrutura Funcional Celular”. Ele não somente a praticou, mas também nos ensinou muito bem esta arte:

1) Acolhe e chama para si, todos aqueles que estão cansados e oprimidos (Mt 11,28-30)
2) Chama-se a si mesmo de bom pastor, que cuida, trata e não deixa faltar nada (Jo 10,1-17)
3) Acolhe a pecadora (Lc 7,36-50)
4) Acolhe as crianças (Lc 18,15-17)
5) Marta e Maria acolhem a Jesus (Lc 10, 38-42)

É tarefa do líder fazer com que todos os membros se sintam acolhidos na célula. Mas ao novo, que chega pela primeira vez no grupo, para não ficar solto, é bom que tenha uma pessoa específica para exercer este ministério. Esta pessoa pode ser o auxiliar ou mesmo uma outra pessoa que exerça este ministério, pois acolher bem um novo (a) membro implica não somente em dar as boas-vindas no início da célula, mas especialmente “ACOMPANHAR”, “PASTOREAR” aquele novo membro até que ele se firme bem na célula e isto implica em:

1) Ter seu cadastro completo, com nome, endereço, telefone, e-mail, data de nascimento, etc.;
2) Orar por este novo membro diariamente;
3) Visitá-lo antes da próxima célula, saber sobre ele, quais impressões teve da célula, esclarecer dúvidas, ouvir muito sobre este (a) novo (a) membro, se colocar à sua disposição;
4) Ele voltou na próxima semana? Se sim, alegrar-se com ele (a), parabenizar, deixar claro com palavras e com seu semblante que a célula está feliz com seu retorno. Ele não voltou? Entrar em contato com ele (a) imediatamente no outro dia e mostrar o interesse da célula, que sentiram sua ausência (lembrando sempre que o bom pastor deixa suas 99 ovelhas sadias e vai atrás daquela que se dispersou, Lc 15,1-7)

Na linguagem profissional fala-se em “fidelizar o cliente” e o esforço para não perdê-lo. Em nossas células precisamos nos dedicar em tornar este visitante em membro de nossa célula e que ele nunca mais saia. Queremos que ele se torne um multiplicador e isto requer dedicação e amor. Tenha certeza, que é muito gratificante e louvável diante de Deus “que não se perca nenhum daqueles que o Senhor nos confiou” (Jo 6,39).

 

Perguntas

1) Quais esforços e atitudes que minha célula tem feito para não perder membros?
2) O que minha célula faz para receber bem os novos Oikos?


AVISOS

1) Nosso sistema celular conta com mais cinco células: quatro de casais e uma jovem. Alegremo-nos! É a visão celular acontecendo. 

5 º passo - Entrega (oração) – 10 min

  1. Orar uns pelos outros (após breve partilha);
  2. Orar pelas células, áreas e redes, líderes, supervisores e coordenadores;
  3. Orar por todas as pastorais e movimentos;
  4. Pelos encontros de formação de líderes;
  5. Orar pelo padre Luis Fernando, para que tenha sabedoria, discernimento e revelação para o pastoreio da visão celular e da paróquia;
  6. Orar pelo vigário, diáconos, por toda a liderança paroquial e funcionários;
  7. Por todo trabalho de células;
  8. Orar pelas células que ainda não se multiplicaram este ano;
  9. Orar pelos aniversariantes do mês;
  10. Orar pela nossa escola de formação permanente (ECEFP)
  11. Orar pelo nosso Bispo Dom Cesar.

 

AMAR É ACOLHER, É COMPREENDER, É FAZER O OUTRO CRESCER
(Dra. Zilda Arns)

 

DEUS ABENÇOE SUA VIDA PESSOAL E PROFISSIONAL, SUA SEMANA, SUA FAMÍLIA, SUA REDE E SUA CÉLULA.

 

 

Cada casa, uma célula que cresce e se multiplica; cada membro, um discípulo e missionário de Jesus Cristo.

Missas

| 2ª feira | 7h (Celebração)
| 3ª feira | 7h e 19h30
| 4ª feira | 7h e 19h30 (Setor)
| 5ª feira | 7h, 12h15 e 19h30
| 6ª feira | 7h e 15h15
| sábado | 19h (Igreja e CP4)
| domingo | 7h30, 10h, 12h,
17h30 e 19h30

Confissões

| 3ª feira | 17h30
| 4ª feira | 9h30
| 5ª feira | 9h30
| 6ª feira | 9h30
| Sabado | 10h

Programação de 18 a 24/06/2018

 

(12) 3931-2959

Avenida Cassiopéia, 461
Jardim Satélite, São José dos Campos/SP
12230-011

 

Regiao Pastoral V Banner site