ENSINA-NOS SENHOR, A DEDICAR TEMPO
SILÊNCIO E ATENÇÃO À ESCUTA DA VOSSA PALAVRA

acesso cerco

Ser discípulo e missionário de Jesus Cristo | 15 a 20/05/2017

Tema: Ser discípulo e missionário de Jesus Cristo

Salmo: Sl 100 (NTLH)
Leitura: At 2, 42-47       


Ouça o estudo da semana

Já conhecemos, entendemos e queremos que a nossa visão celular aconteça. Além disto sabemos também que, com um plano estratégico, um plano de ação, este querer fica mais organizado e eficiente, e mais ainda é preciso:
1) Amar a minha célula e querer que mais pessoas participem dela.
2) Sonhar, conhecer e querer que esta visão aconteça.
3) Trabalhar, tomar iniciativa para que ela aconteça.

O caminho mais eficiente para se crescer e multiplicar nossas células e fazer a visão acontecer é o caminho do discipulado, do ser missionário; é assumir a segunda parte de nossa visão celular: “Cada membro ser um discípulo e missionário de Jesus Cristo”   

1) Assumir o “ser discípulo”: Como falar de alguém se não o conhecemos e não o seguimos? Embora já estejamos há tempos na Igreja, devemos sempre nos recordar que ser discípulo é:

  1. Amar e obedecer a Cristo Jesus: “Se me amais, guardareis os meus mandamentos” (Jo 14,15)
  2. Permanecer sempre em Cristo Jesus: “Permanecei sempre em mim e eu permanecerei em vós, quem permanece em mim e eu nele, este dá muito fruto” (Jo 15,4-5)
  3. Manter-se unido e amar seus irmãos de célula: “Nisto conhecereis que sois meus discípulos, ´se´ vos amardes uns aos outros” (Jo 13,35). O cartão de visita do cristianismo mais necessário em nossos dias, como sempre foi, é o jeito que eles viviam: “Vejam como eles se amam..., e a cada dia o Senhor ajuntava mais pessoas a caminho da Salvação” (At 2,41-47)

2) Assumir o ser missionário: “Vão e façam com que todos sejam meus discípulos” (Mt 28,20)

O catecismo de nossa Igreja tem uma bela passagem que nos diz: “É do amor de Deus por todos os homens, que a Igreja (e nós) tiramos a obrigação e a força, o impulso de ser missionário: o amor de Deus nos impele (nos impulsiona)” (2Cor 5,14) (CIC- 851).

Aliado ao “ser discípulo e missionário de Jesus Cristo”, é preciso que afastemos de nosso meio algumas “síndromes” (estado mórbido-doentio caracterizado por um conjunto de sinais e sintomas que despertam insegurança e medo), que atrapalham o crescimento de nossas células:

1) Minha célula está boa assim, se entrar mais gente vai atrapalhar nossa convivência e amizade (Síndrome da Transfiguração): Pedro, Tiago e João estavam em uma situação muito confortável. Quem não gostaria de estar com o Senhor naquele momento e sempre? “É bom estarmos aqui Senhor!” (Mt 171-8), a tal ponto de não quererem mais sair dali, estavam “ACOMODADOS”. O remédio para este comodismo é assumir as palavras do Senhor: LEVANTEM-SE! Como que dizendo: vocês não podem ficar aqui, há muito trabalho que fazer lá, no meio do povo.

2) Eu não tenho jeito para falar, para convidar mais pessoas para minha célula (Síndrome de Moisés): “Ah, Senhor, eu não sei falar” (Ex 3,11-12). O remédio para este mal é assumir as palavras do Senhor: “Não tema, eu estarei contigo”. Depois que Moisés assumiu este mandato, se tornou o grande líder que libertou o povo hebreu de 400 anos de escravidão.

(continua na próxima semana)

 

Perguntas:
1) Como estou exercendo o “ser” discípulo e missionário no dia a dia?
2) Eu amo, conheço, sonho e trabalho pela visão celular? 


AVISO:

O PADRE LUIS FERNANDO LANÇOU TRÊS MATERIAIS PARA EVANGELIZAÇÃO, DISPONÍVEIS NA SECRETARIA PAROQUIAL PARA TODOS AQUELES QUE QUEIRAM SER DISCÍPULOS E MISSIONÁRIOS DE SUAS CÉLULAS:
1) FOLDER “EVANGELIZAÇÃO OIKOS”, PARA CONHECER SOBRE O MÉTODO DE EVANGELIZAÇÃO MAIS EFICIENTE;
2) FOLDER “CÉLULAS EM PERGUNTAS E RESPOSTAS”;
3) LIVRETO QUERIGMÁTICO “JESUS ME AMA”.

4º Passo= Evangelização

5º Passo= Entrega (Oração) | 10 minutos

  1. Orar uns pelos outros (após breve partilha);
  2. Orar pelas células, áreas e redes, líderes, supervisores e coordenadores;
  3. Orar por todas as pastorais e movimentos;
  4. Pelos encontros de formação de líderes;
  5. Orar pelo padre Luis Fernando, para que tenha sabedoria, discernimento e revelação para o pastoreio da visão celular e da paróquia;
  6. Orar pelo vigário, diáconos, por toda a liderança paroquial e funcionários;
  7. Por todo trabalho de células;
  8. Orar pelas células que ainda não se multiplicaram este ano;
  9. Orar pelos aniversariantes do mês;
  10. Orar pela nossa escola de formação permanente (ECEFP)
  11. Orar pelo nosso Bispo Dom Cesar.

 

ALGUNS PENSAMENTOS DO PAPA FRANCISCO:

“SE QUISERMOS SEGUIR CRISTO MAIS DE PERTO, NÃO PODEMOS PROCURAR UMA VIDA
CÔMODA E TRANQUILA. SERÁ UMA VIDA DE EMPENHO, MAS DE CHEIA DE ALEGRIA”.

“DEUS DÁ AS BATALHAS MAIS DIFÍCEIS AOS SEUS MELHORES SOLDADOS”.

“NOSSA VIDA É UM CAMINHO. QUANDO PARAMOS NÃO VAMOS PARA FRENTE”.

“NINGUÉM VENCE SOZINHO, NEM NO CAMPO, NEM NA VIDA”.

 

DEUS ABENÇOE SUA VIDA PESSOAL E PROFISSIONAL, SUA SEMANA, SUA FAMILIA, SUA REDE E SUA CÉLULA

Nos caminhos estratégicos para implantar a visão celular” (segunda parte) | 08 a 14/05/2017

Tema: Nos caminhos estratégicos para implantar a visão celular (segunda parte)

Salmo: Sl 37,1-6 (NTLH)
Leitura: Lc 14,28-33        


Ouça o estudo da semana

Em nosso último encontro iniciamos uma partilha sobre estratégias para implantarmos a visão celular. Lembramos que, se quisermos que nossas células cresçam e se multipliquem, inicialmente precisamos:

  1. Amar nossa célula e querer que mais pessoas participem dela;
  2. Conhecer, entender nossa visão celular, sonhar com ela e querer que ela aconteça;
  3. Orar no Espírito e pedir sua unção e força para trazer mais pessoas;
  4. Trabalhar para que isto aconteça.

Para que isto aconteça de maneira mais eficiente (que tenha resultados) e não fique só na boa vontade e desejo, é imprescindível que se trace uma “estratégia” de trabalho. Estratégia é uma palavra de origem grega que significa: plano, método, manobras usadas para se conseguir um objetivo ou um resultado especifico que se queira.

Temos então um objetivo: ver nossa visão celular implantada, ou seja, “em cada casa uma célula”. Se realmente quisermos que ela aconteça é preciso trabalho e trabalho com estratégia, um plano de ação para que isto aconteça. A forma de se atingir a visão celular é aumentando o número de membros de nossa célula. Ela crescendo, se multiplica, e se multiplicando, obviamente aumenta o número de células e assim a visão vai se consolidando.

Existem várias estratégias que poderiam ser aplicadas: a célula evangelizar de porta em porta, divulgar as células na saída das missas, elaborar um plano de multiplicar a sua célula em um ano, entre tantas outras. Porém a melhor estratégia para se conseguir mais pessoas para nossas células é a evangelização OIKÓS, foi assim que a Igreja primitiva cresceu. É a evangelização através dos nossos relacionamentos que, segundo pesquisas consolidadas e sérias, cada um de nós por menos que conversemos e nos relacionemos, por menos conhecidos que sejamos, conhecemos minimamente 20 pessoas. A palavra Oikós originalmente quer dizer “casa”, “família”, “ambiente habitado” ou “toda a família e familiares”, mas podemos entender também como os nossos amigos e amigas, colegas de trabalho, de lazer, vizinhos. Ou seja, os Oikós são todas as pessoas que fazem parte de meus relacionamentos, juntando todos estes grupos, com certeza vamos contar muito mais do que as 20 pessoas que conhecemos minimamente.

O Papa Francisco nos fala na exortação apostólica Evangélli Gaudium sobre esta evangelização Oikós: “Há uma forma de evangelização que nos compete a todos, cada um levar o Evangelho com quem se encontra, tanto aos ´mais íntimos´ como os ´mais desconhecidos´. É a pregação informal que se pode realizar durante uma conversa, e isso sucede espontaneamente em qualquer lugar: na rua, na praça, no trabalho, num caminho” (EG).

Podemos então nos perguntar: Já falei de Jesus e das células para toda minha família e parentes? Com quem trabalho? Com meus vizinhos? Com quem estudo? Nas filas de banco? Nos pontos de ônibus? Dentro do ônibus? Na escola? Na faculdade? Se frequento algum clube, já falei lá? Na caminhada que faço? Nas férias, porque não? No supermercado, fazendo compras? Na feira? Na lanchonete? Na saída da missa? Escolha alguém e fale, porque não? No elevador do seu prédio? No semáforo? Na academia? Em uma festa de aniversário?

Você percebe em quantas situações podemos fazer uso da evangelização Oikós? São os nossos relacionamentos! A cada dia estamos perto de alguém para quem podemos falar de Jesus e de nossa célula. Isto também se chama “EVANGELIZAÇÃO RELACIONAL” e tal qual o nosso personagem do Evangelho de hoje que senta, calcula e planeja como vai construir a sua casa, você também pode fazer isto. Planejar, organizar como e quando vai abordar alguém de sua família, colegas de trabalho, visitas, parentes, ou qualquer outra pessoa de seu relacionamento. É como disse o Papa Francisco: seja alguém que lhe seja “mais próximo ou até os mais desconhecidos”.

“PARA SE CONSEGUIR GRANDES COISAS, É NECESSÁRIO NÃO APENAS PLANEJAR,
MAS TAMBÉM ACREDITAR, NÃO APENAS AGIR, MAS TAMBÉM SONHAR” (Anatole France)

 

Perguntas:
1) O que eu preciso fazer para que minha célula cresça e se multiplique?
2) O que é evangelização Oikós?


AVISO:

1) Parabéns às redes: Casais (encontro Bem-Vindo à Célula), Mista (Retiro “Eis que faço nova todas as coisas”), Juvenil (“Nível Hard II”), Jovem (Retiro “Renovados pelo Espírito”). Deus continue abençoando todas as redes!

4º Passo= Evangelização

5º Passo= Entrega (Oração) | 10 minutos

  1. Orar uns pelos outros (após breve partilha);
  2. Orar pelas células, áreas e redes, líderes, supervisores e coordenadores;
  3. Orar por todas as pastorais e movimentos;
  4. Pelos encontros de formação de líderes;
  5. Orar pelo padre Luis Fernando, para que tenha sabedoria, discernimento e revelação para o pastoreio da visão celular e da paróquia;
  6. Orar pelo vigário, diáconos, por toda a liderança paroquial e funcionários;
  7. Por todo trabalho de células;
  8. Orar pelas células que ainda não se multiplicaram este ano;
  9. Orar pelos aniversariantes do mês;
  10. Orar pela nossa escola de formação permanente (ECEFP)
  11. Orar pelo nosso Bispo Dom Cesar.

 

“OS GUERREIROS VITORIOSOS VENCEM ANTES DE IR A GUERRA,
AO PASSO QUE OS DERROTADOS VÃO A GUERRA E SÓ ENTÃO PROCURAM A VITÓRIA”
(Sun Tzu)

 

“AS IDÉIAS E STRATÉGIAS SÃO IMPORTANTES,
MAS O VERDADEIRO DESAFIO É A SUA EXECUÇÃO”
(Percy Barnevick)

Nos caminhos estratégicos para implantar a visão celular (primeira parte) | 01 a 07/05/2017

Tema: Nos caminhos estratégicos para implantar a visão celular (primeira parte)

Salmo: 33 (NTLH)
Leitura: Is 60,21-22         


Ouça o estudo da semana

Em nossos dois últimos roteiros aprendemos o que é uma visão. É o que queremos para o nosso futuro, de nossa empresa, de nossa Igreja, e aqui em nosso caso, o que queremos para as nossas células paroquiais de evangelização. E o que queremos? “QUE EM CADA CASA TENHA UMA CÉLULA E QUE CADA UM DE SEUS MEMBROS SEJA UM DISCIPULO MISSIONÁRIO DE JESUS CRISTO”: esta é a nossa visão celular!

Ainda que tenhamos avançado bastante nesta direção, falta muito o que fazer para atingirmos por completo esta visão. Temos cerca de 280 células ativas. Nos bairros que compõem nossa paróquia existem perto de 7000 residências (sem contar os edifícios com seus apartamentos), mas também consideramos ainda que algumas, mas não muitas destas células, se reúnem fora do território geográfico paroquial. Com esses dados, verificamos que existe um grande trabalho a ser feito para que esta visão se torne completa.

Para que isto aconteça, são necessárias algumas atitudes de extrema importância por parte de cada líder, auxiliar e membros de célula. Sem essas iniciativas é impossível que nossa visão prospere. Isto vale para todos que queiram crescer e multiplicar suas células:

1) AMAR SUA CÉLULA E QUERER QUE MAIS PESSOAS PARTICIPEM DELA: Quando amamos o que fazemos, fazemos tudo por isto. Se é uma pessoa que amamos, fazemos tudo por ela, não medimos esforços e nem arrumamos desculpas. Quando amamos, conseguimos forças, coragem, tempo e disposição, virtudes que, às vezes, nem sabemos explicar como, mas conseguimos, porque o amor nos impulsiona: “Tendo amado os seus, até o extremo os amou” (Jo 13,1)

2) CONHECER, ENTENDER, SONHAR E QUERER VER ESTA VISÃO ACONTECER:  “Conhecereis a verdade e a verdade os libertará” (Jo 8,32). Cada um já conhece qual é a nossa visão celular, ao menos uma vez por semana a lemos ao lado do altar de nossa Igreja, resta responder para nós mesmos: Desejo ardentemente que esta visão aconteça? Sonho com isto? Quero ver em cada casa um banner de uma célula católica fixado?

3) ORAR NO PODER DO ESPÍRITO SANTO PARA ELE ME UNGIR, ME DAR AMOR PELA VISÃO CELULAR E CORAGEM DE TRAZER MAIS PESSOAS: Sem oração no poder do espírito não conseguiremos levar adiante este projeto. Lembramos que os apóstolos e discípulos saíram com destemor para evangelizar somente depois que foram batizados com o Espírito Santo: “Descerá sobre vós o Espírito Santo; vos dará força, e sereis minhas testemunhas…, até os confins do mundo” (At 1,8)

 

4) TRABALHAR PARA QUE A VISÃO ACONTEÇA: “Vamos! Reconstruamos! E com coragem puseram-se a trabalhar nesta boa obra” (Ne 2,18). A visão não pode ser um slogan, um “chavão”, para ser usado em pregação e propaganda da paróquia ou apenas para dizer que nós temos uma visão. Existe uma distância muito grande entre se ter uma visão e realizar esta visão. Se esta visão não for trabalhada, não virar “missão” de cada membro, ela vai ficar somente no plano teórico ou estacionar onde está, sem maiores progressos.

Nossa visão celular se divide em duas partes:
1) Em cada casa ter uma célula que cresce e se multiplica.
2) Cada membro um discípulo missionário de Jesus Cristo.

Para que a primeira parte aconteça, é necessário que a segunda parte entre em ação, ou seja, que cada membro de célula se torne um discípulo e um missionário. Então, primeiro eu preciso ser um seguidor de Jesus.

O que é um discípulo? Basicamente são necessárias três coisas que o próprio Jesus nos ensina e exige de nós:
A) “Nisto conhecereis que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros” (Jo13,35). Então se você tiver alguma coisa pendente com seu irmão (a), está na hora de se resolver, de se perdoar.
B) Jesus ordena que seus discípulos permaneçam nele: “Permanecei em mim e eu permanecerei em vós..., sem mim nada podeis fazer” (Jo 15,4-5).
C) Jesus nos ordena que falemos dele para os outros: “Vão a todos os povos do mundo e façam que sejam meus seguidores, ensinando-os a observar tudo o que ensinei a vocês” (Mt 28,20) .

Perguntas:
1) O que eu preciso fazer para que a visão celular aconteça?
2) O que é ser um discípulo? 


AVISO:

1) SOLICITAMOS QUE EM TODAS AS CÉLULAS SE INTERCEDAM PELO I CONGRESSO PAROQUIAL CATÓLICOS EM CELULAS, QUE ACONTECERÁ NOS DIAS 24 E 25 DE JUNHO, DIRIGIDO A LÍDERES, AUXILIARES, ANFITRIÕES E PARA TODO AQUELE QUE SE SENTIR CHAMADO A PARTICIPAR DO EVENTO.

4º Passo= Evangelização

5º Passo= Entrega (Oração) | 10 minutos

  1. Orar uns pelos outros (após breve partilha);
  2. Orar pelas células, áreas e redes, líderes, supervisores e coordenadores;
  3. Orar por todas as pastorais e movimentos;
  4. Pelos encontros de formação de líderes;
  5. Orar pelo padre Luis Fernando, para que tenha sabedoria, discernimento e revelação para o pastoreio da visão celular e da paróquia;
  6. Orar pelo vigário, diáconos, por toda a liderança paroquial e funcionários;
  7. Por todo trabalho de células;
  8. Orar pelas células que ainda não se multiplicaram este ano;
  9. Orar pelos aniversariantes do mês;
  10. Orar pela nossa escola de formação permanente (ECEFP)
  11. Orar pelo nosso Bispo Dom Cesar.

 

“MANTENHA SEU FOCO NO MELHOR QUE VOCÊ POSSA IMAGINAR E
PERMITA QUE UMA VISÃO POSITIVA O IMPULSIONE PARA A FRENTE” (Jack Anderson)

“ A GENUÍNA ESSÊNCIA DA LIDERANÇA É QUE VOCE TEM QUE TER UMA VISÃO” (Theodore Hesburgh)

“VISÃO SEM AÇÃO É SONHO. AÇÃO SEM VISÃO É PESADELO” (Proverbio chinês)

DEUS ABENÇOE SUA VIDA PESSOAL E PROFISSIONAL, SUA SEMANA, SUA FAMILIA, SUA REDE E SUA CÉLULA

Visão celular (segunda parte: o poder de uma visão) | 24 a 30/04/2017

Tema: Visão celular (segunda parte: o poder de uma visão)

Salmo: 33 (NTLH)
Leitura: Dt 30,11-14         


Ouça o estudo da semana

Já sabemos que uma visão é o que se almeja para o futuro de uma organização, para uma pessoa que também constrói uma visão para a sua vida pessoal e familiar, para uma Igreja que se organiza e define uma visão. Por exemplo: a CNBB  edita as suas diretrizes de ação evangelizadora que tem validade por cinco anos. Este documento é a visão de nossos bispos para a Igreja no Brasil durante os cinco anos que terão pela frente. Para nós, que vivemos em células a visão é: “EM CADA CASA UMA CÉLULA QUE CRESCE E SE MULTIPLICA, CADA MEMBRO UM DISCÍPULO MISSIONÁRIO DE JESUS CRISTO”.

O ativista e líder contra o racismo Martin Luther King Junior descreveu sua visão em 1963: “que seus quatro filhos iriam um dia viver em uma nação na qual não seriam tratados pela cor de sua pele, mas pelo seu caráter”. Foi assassinado, mas sua visão continua viva na memória do povo americano. Avançou-se muito, mas após cerca de 50 anos sua visão ainda não se tornou 100% realidade. O pacifista indiano Gandhi visualizou seu país livre do domínio britânico e como estratégia usou a “luta pacífica”: caminhadas, jejuns, foi perseguido, sofreu e foi assassinado, mas atingiu seu objetivo.

Foi a visão destes dois que os impulsionaram, que os animaram, que os fazia trabalhar incansavelmente, que os levava às autoridades sem medo, que atraia seguidores, que os encorajava a discursar para multidões. Era a firme convicção nesta visão, neste propósito, que mantinha acesa em seus corações a chama da coragem, do amor pelas pessoas, pela nação. O livro dos provérbios nos diz: “Quando não há visão, o povo fica sem orientação” (Pr 29,18)

Na Sagrada Escritura constatamos várias visões da parte de Deus para com seus filhos e seu povo escolhido. A primeira visão de Deus Pai foi ver a terra povoada com sua criação, por isto disse ao primeiro casal: “crescei e multiplicai” (Gn 1,28). Esta visão vai continuar acontecendo enquanto existir a raça humana na terra, visualizou a descendência de Abraão e comunicou a ele que seria pai de uma grande nação: “sai de tua terra e vai, farei de você um grande povo” (Gn 12,1-9). Deus teve uma grande visão sobre os seus filhos e esta é a sua vontade de Pai para com todo a humanidade: “DEUS, NOSSO SALVADOR, QUER QUE TODOS SEJAM SALVOS E CHEGUEM AO CONHECIMENTO DA VERDADE” (1 Tm 2,4).

E para que esta sua visão de nos salvar tivesse êxito ele construiu um “plano estratégico”, o plano de salvação, ou seja, um projeto, que teve seu ponto alto na vinda de seu investimento maior, o envio de seu próprio filho Jesus que como segunda pessoa da Santíssima Trindade cumpriu a sua parte na visão de Deus para conosco (anunciou a boa nova, criou a sua Igreja, sofreu, morreu e ressuscitou e enviou o Espírito Santo para continuar conosco). Jesus preparou e enviou Apóstolos e discípulos para continuar esta visão de Deus: “vão a todos os povos do mundo e façam com que sejam meus seguidores” (Mt 28,19) e nós estamos aqui para ajudar a cumprir esta visão de Deus.

Uma visão tem este poder de ser a referência de uma nação, de um povo, de uma Igreja. E aqui, de nosso sistema de células, ela é o norte, a guia, a nossa motivação para que se concretize. É nosso sonho, nosso querer.

E para que esta nossa visão de termos em cada casa uma célula e cada um de dos membros serem um discípulo missionário se estabeleça na sua totalidade, a primeira coisa necessária é que CADA MEMBRO TENHA AMOR POR ESTA FORMA DE SER IGREJA. Amor pela sua célula, pelos seus irmãos e irmãs membros de sua célula, amor e fidelidade por esta obra como teve Abraão pela visão que o Senhor lhe deu, a tal ponto de sair de onde morava e partir para onde sequer sabia direito. Amor como nosso Senhor Jesus Cristo teve pelas pessoas ao seu lado (amigos, apóstolos, discípulos e a multidão que o seguia) a tal ponto que de dar a vida por estes e por cada um de nós.

Se tivermos este amor, tudo o mais acontece naturalmente para que nossas células cresçam e se multipliquem. O amor faz a s coisas acontecerem e a nossa visão celular será para nós como os mandamentos foram para o povo de Deus quando o Senhor se dirigiu a eles: “não são difíceis de entender, nem de cumprir. Não está lá em cima no céu, de modo que vocês perguntem: quem subirá no céu afim de os trazer? Para os ouvir e compreender? Nem está do outro lado do mar, de modo que me perguntem: Quem atravessará o mar afim de nos trazer e os cumprimos? Pelo contrário, eles estão aqui com vocês; vocês os guardam no coração, podem repeti-lo e cumpri-los” (Dt 30,11-14)

ORE COM SUA CÉLULA
Obrigado Senhor pela minha célula! Obrigado por cada um dos membros, meus irmãos e irmãs. Dai-me Senhor mais amor por cada um deles. Afasta de mim o desânimo, comodismo, aumenta em mim o querer ver a nossa visão celular acontecendo mais rapidamente. Causa em mim Senhor uma inquietação, um incômodo, de ver ainda tantas casas que ainda não tem uma célula se reunindo. Faça de mim um discípulo de seu filho Jesus.
Senhor Jesus, toca em mim, desaloja-me, eu quero te seguir mais de perto e melhor, quero ser um discípulo mais eficiente.  Espírito Santo, fogo abrasador, reacende em mim a chama de amor pela nossa visão celular e pela evangelização, queima as más lembranças, cura minhas feridas e mágoas que me atrapalham de evangelizar e de amar mais e melhor minha célula. Amém!

Perguntas:
1) Qual o poder que tem uma visão?
2) Me incomoda ver tantas casas ainda sem célula?


AVISO:

1) Solicitamos a todas as células que intercedam para que o Senhor desde já abençoe o I Congresso Paroquial Católicos em Células nos dias 24 e 25 de junho.
2) Programa Católicos em células: toda sexta-feira, às 20h15, na webradio PES de CRISTO. Participe, ouça e divulgue em sua célula, com seus vizinhos e em suas redes sociais.

4º Passo= Evangelização

5º Passo= Entrega (Oração) | 10 minutos

  1. Orar uns pelos outros (após breve partilha);
  2. Orar pelas células, áreas e redes, líderes, supervisores e coordenadores;
  3. Orar por todas as pastorais e movimentos;
  4. Pelos encontros de formação de líderes;
  5. Orar pelo padre Luis Fernando, para que tenha sabedoria, discernimento e revelação para o pastoreio da visão celular e da paróquia;
  6. Orar pelo vigário, diáconos, por toda a liderança paroquial e funcionários;
  7. Por todo trabalho de células;
  8. Orar pelas células que ainda não se multiplicaram este ano;
  9. Orar pelos aniversariantes do mês;
  10. Orar pela nossa escola de formação permanente (ECEFP);
  11. Orar pelo nosso Bispo Dom Cesar.
  12. Orar pelo 1º Congresso Católicos em células de nossa paróquia

“DEUS ABENÇOE SUA VIDA PESSOAL E PROFISSIONAL, SUA SEMANA, SUA FAMILIA, SUA REDE E SUA CÉLULA”

Visão celular (primeira parte: o que é uma visão) | 17 a 23/04/2017

Tema: Visão celular (primeira parte: o que é uma visão)

Salmo: 89, 18-30 (NTLH)
Leitura: Hab 2,1-4       


Ouça o estudo da semana

Toda vez que entramos na igreja matriz da Paróquia Espírito Santo podemos ver ao lado do altar uma grande flâmula com os dizeres “EM CADA CASA UMA CÉLULA QUE CRESCE E SE MULTIPLICA. CADA MEMBRO UM DISCÍPULO MISSIONÁRIO DE JESUS CRISTO”. Esta é visão celular do “Sistema de Células Paroquiais de Evangelização” (SCPE) de nossa paróquia. A visão construída e estabelecida para ser a referência, o desejo, o querer, o norte do nosso sistema de evangelização em células que compreende todas as nossas redes: Casais, Mista, Mulheres, Jovens, Juvenis, Kids, Infantil e ainda a Equipe de Formação, esta última formada por membros já inseridos (as) em alguma das redes.

Esta visão precisa estar constantemente em nossos corações e mentes para que a recordemos, renovemos e não a percamos de vista, o que poderia aos poucos esmorecer nosso sentido e propósito de pertencermos a uma célula. O sentido desta série de roteiros, é, portanto, renovarmos, reestudarmos, compreendermos melhor, e assim mantermos acesa em nossos corações a chama de um dia vermos o que lemos nesta visão: em cada casa de nossa paróquia uma célula se reunindo... Quem quer ver esta visão se concretizando, diga agora no meio de sua célula: AMÉM!

A palavra de Deus mostra claramente a visão do Senhor para Abraão que ele seria pai de uma grande multidão para seu povo escolhido e para muitos profetas. Vamos aqui tratar um pouco de algumas visões na Bíblia, mas antes iremos começar entendendo e conceituando o que é uma visão. Durante muitos anos, especialistas e empresas estudaram detalhadamente o que seria uma visão para que suas empresas tivessem onde se apegarem, se inspirarem, se guiarem e atingirem seus objetivos. Entendendo este conceito, nós e nossas células iremos com certeza entender melhor a nossa visão celular.

Podemos entender visão: “como, uma empresa, uma igreja, se vê no futuro”, “o que se almeja alcançar”. Outros assim a definem “uma imagem viva de um estado desejável, relacionado a um aspecto importante” ou ainda “algo que se vislumbre para o futuro desejado de uma empresa, de uma igreja”. Em nosso caso, o que queremos e almejamos para nossas células. Para exemplificar, vamos conhecer a visão de uma grande empresa do ramo automobilístico: “estar entre as principais do mercado e ser referência de excelência em produtos e serviços automobilísticos”. Esta empresa, após estudar com suas equipes, definiu que a partir desta visão todo o seu trabalho, desde sua diretoria até o operador de máquinas, equipes de suporte (limpeza, segurança, transporte, etc.…) deve convergir para que esta visão aconteça em suas repartições e assim solidificarem e ampliarem seu mercado de atuação com seus produtos.  

Se uma empresa constrói uma visão para atingir seus objetivos no mercado, muitos de nós também estabelecemos nossa visão pessoal e trabalhamos muito para que ela aconteça. Quem nunca traçou planos para seu futuro: “estudar muito, entrar para uma ótima faculdade, se formar, conseguir um bom trabalho e me estabilizar financeiramente”. Quantos não estabelecem visão a curto prazo: “economizar durante o ano todo para fazer uma viagem com minha família”. Isto é uma visão. E quando a definimos, corremos atrás para ver ela acontecer, não é verdade? E não é verdade também que lá onde trabalhamos não damos o melhor de nós para que a visão da empresa aconteça e se mantenha? E por que fazemos isto? Porque lá onde trabalhamos assumimos um compromisso, temos um contrato de trabalho, amamos este trabalho, porque é dali que tiramos nosso sustento e de nossa família. No plano pessoal também, estabelecemos uma visão, um sonho do que queremos porque temos nossas justas aspirações pessoais e familiares, por isto nos esforçamos e economizamos para atingir esta visão que estabelecemos.

Quanto mais para o Senhor! Quanto mais para esta benção de Deus para nossos tempos chamada CÉLULA, não iremos nos dedicar para ver cada dia mais esta visão se implantar? Assim, peçamos ao Senhor que em cada coração de todos os membros de nossas células pulse forte o desejo de que a nossa visão celular: “em cada casa uma célula que cresce e se multiplica. Cada membro um discípulo missionário de Jesus Cristo” aconteça para a sua honra e glória. Amém!

Perguntas:
1) O que entendo ser uma visão?
2) Qual a visão que tenho para mim e para minha família?


AVISO:
1) Já se encontram na Secretaria Paroquial as fichas de inscrição para o Retiro de Formação de Líderes Vida Plena (módulos 1 e 2). Dias 13 e 14/05, na Casa de Retiros Coração de Jesus (Parque Interlagos). Investimento R$ 45. Não será permitido levar crianças. Informações com Wyllian e Cibele (12) 9-8119-5414 e 9-8151-7513. Este retiro excepcionalmente terminará mais cedo por ser Dia das Mães (10h30 de domingo). 2) Pedimos às redes se organizarem para a intercessão pelo 1º Congresso Paroquial Católicos em Células, em junho.

4º Passo= Evangelização

5º Passo= Entrega (Oração) | 10 minutos

  1. Orar uns pelos outros (após breve partilha);
  2. Orar pelas células, áreas e redes, líderes, supervisores e coordenadores;
  3. Orar por todas as pastorais e movimentos;
  4. Pelos encontros de formação de líderes;
  5. Orar pelo padre Luis Fernando, para que tenha sabedoria, discernimento e revelação para o pastoreio da visão celular e da paróquia;
  6. Orar pelo vigário, diáconos, por toda a liderança paroquial e funcionários;
  7. Por todo trabalho de células;
  8. Orar pelas células que ainda não se multiplicaram este ano;
  9. Orar pelos aniversariantes do mês;
  10. Orar pela nossa escola de formação permanente (ECEFP)
  11. Orar pelo 1º Congresso paroquial Católicos em células dias 24 e 25 de junho
  12. Orar pelo nosso Bispo Dom Cesar.

 

“A EFICIÊNCIA É O MAIS IMPORTANTE. JÁ QUE NENHUM NIVEL DE EFICIÊNCIA,
POR MAIOR QUE SEJA NÃO IRÁ COMPENSAR A ESCOLHA ERRADA”
(Peter Drucker)

“NÃO TENHA MEDO DE DESISTIR DO BOM PARA PERSEGUIR O ÓTIMO”
(John D. Rockefeller)

“NÃO ADIANTA SÓ PLANTAR PARA COLHER. É PRECISO REGAR SEMPRE”
(Rafael Ivanhes)

 

 “DEUS ABENÇOE SUA VIDA PESSOAL E PROFISSIONAL, SUA SEMANA, SUA FAMILIA, SUA REDE E SUA CÉLULA

Pagina 3 de 30

Cada casa, uma célula que cresce e se multiplica; cada membro, um discípulo e missionário de Jesus Cristo.

Missas

2ª feira: 7h (Celebração) e 18h
3ª feira: 7h e 19h30
4ª feira: 7h e 19h30 (Setor)
5ª feira: 7h, 12h15 e 19h30
6ª feira: 7h e 15h
Sábado: 19h (Igreja e CP4)
Domingo: 7h30 e 17h30 (outras
missas no Cerco) 

Programação válida de 17/07 a 23/07

Confissões

3ª feira: 17h30
4ª feira: 9h30
5ª feira: 9h30
6ª feira: 9h30
Sábado: 10h

Chegar com 40 minutos de antecedência

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(12) 3931-2959

Avenida Cassiopéia, 461
Jardim Satélite, São José dos Campos/SP
12230-011

 

Regiao Pastoral V Banner site