ENSINA-NOS SENHOR, A DEDICAR TEMPO
SILÊNCIO E ATENÇÃO À ESCUTA DA VOSSA PALAVRA

Evento Fe e Negocios Banner Site

Autossuficiência: Um perigo! (segunda parte) | 25/09 a 01/10/2017

Tema: Autossuficiência: Um perigo! (segunda parte)

Salmo: Sl 23 (NTLH))
Leitura: Lc 18,9-12


Ouça o estudo da semana

A leitura do Evangelho de hoje nos mostra dois personagens que eram completamente diferentes social e religiosamente. O fariseu, um “convicto” seguidor da lei de Moisés, que se cobria de manto superficial de justiça e aparente temor a Deus; o outro, um publicano, considerado um pecador público pela sua própria ocupação profissional. Notemos que o fariseu dizia para Deus em sua “oração” que estava fazendo coisas boas, e de fato estava (não roubava, não adulterava, jejuava duas vezes por semana e pagava integralmente o dízimo), mas o que levou nosso Senhor a justificar o “pecador” publicano e não o fariseu com toda sua pompa de justiça e cumpridor do rigor da lei? O fariseu se “inflou” e como um pavão se tornou “autossuficiente” e tão somente por este seu comportamento meramente externo e também de uma prática meramente externa julgava-se melhor e superior aos outros, ele mesmo disse: “... eu não sou como os demais”.

A autossuficiência espiritual pode levar uma pessoa a este seu nível extremado: JULGAR-SE SUPERIOR AOS OUTROS, MESMO PRATICANDO COISAS BOAS. A título de exemplo, dias atrás víamos notícias de um determinado cantor gospel e sua banda que se recusavam a não comparecer em um “show” porque os contratantes não conseguiram um ônibus leito e sim o semileito para transportá-los do aeroporto até o local do show. Então o cantor se recusou a viajar um trecho pequeno neste ônibus e exigiu um carro de uma marca mais sofisticada para ele. Este, dentre tantos outros casos que se vê no “mundo religioso”, mostra as vaidades, a soberba e os resultados de pessoas que caíram na armadilha da autossuficiência.

ALGUNS SINAIS QUE IDENTIFICAM A PRESENÇA DA AUTOSSUFICIENCIA EM UMA PESSOA:

1) Sentem-se superior aos outros mesmo nas coisas espirituais: O crescer espiritualmente está inerente a todo aquele que se dispõe a este crescimento, e claro, é o nosso chamado: “Crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e salvador Jesus Cristo” (1Pd 3,18). No entanto, como dizia Santo Tomaz de Aquino: “A graça supõe a natureza” e esta nossa natureza humana (ainda em processo de conversão) está em constante “briga” interior com a nova vida em Cristo. O apóstolo Paulo retrata isto na carta aos coríntios: “O querer fazer o bem está em mim, mas o que se me depara é o mal” (1Cor 7,14-25). É preciso então, atenção espiritual redobrada e ao menor sinal, lá no fundo de nosso coração e mente de que estamos nos sentindo superiores, maiores e melhores do que os outros, que está na hora de dobrar os joelhos e pedir a misericórdia de Deus e nos recordarmos de que é Deus quem faz a obra e se temos que nos gloriarmos de alguma coisa, gloriemos no Senhor: “Quem quiser se orgulhar, que se orgulhe daquilo que o Senhor fez”. Pois a pessoa só é aprovada quando o Senhor a aprova e não quando é aprovada por si mesma”. (2Cor 10,17-18). Não se quer com isto anular os valores, dons, talentos pessoais que o próprio Senhor nos deu, e se nos deu é para os usarmos no trabalho de evangelização e para sermos vitoriosos nele. (continua) 

Perguntas:

1) Qual a diferença da oração do fariseu e do publicano?
2) Como posso combater a autossuficiência?

 


4º Passo= Evangelização

5º Passo= Entrega (Oração) | 10 minutos
1- Orar uns pelos outros (após breve partilha);
2- Orar pelas células, áreas e redes, líderes, supervisores e coordenadores;
3- Orar por todas as pastorais e movimentos;
4- Pelos encontros de formação de líderes;
5- Orar pelo padre Luis Fernando, para que tenha sabedoria, discernimento e revelação para o pastoreio da visão celular e da paróquia;
6- Orar pelo vigário, diáconos, por toda a liderança paroquial e funcionários;
7- Por todo trabalho de células;
8- Orar pelas células que ainda não se multiplicaram este ano;
9- Orar pelos aniversariantes do mês;
10- Orar pela nossa escola de formação permanente (ECEFP)
11- Orar pelo nosso Bispo Dom Cesar.

“OS CORRUPTOS SÃO UM PERIGO, JÁ QUE SÃO ADORADORES DE SI MESMOS,
SÓ PENSAM NELES E CONSIDERAM QUE NÃO PRECISAM DE DEUS” (Papa Francisco)

“DEPENDER APENAS DE SI MESMO É UMA AUTOSSUFICIENCIA ILUSÓRIA.
É PARECER SENTIR TODOS OS CONTROLES NAS MÃOS, MAS NA VERDADE NÃO
CONTROLAR ABSOULTAMENTE NADA”

 

DEUS ABENÇOE SUA VIDA PESSOAL E PROFISSIONAL, SUA SEMANA, SUA FAMILIA, SUA REDE E SUA CÉLULA.

 

Cada casa, uma célula que cresce e se multiplica; cada membro, um discípulo e missionário de Jesus Cristo.

Missas

2ª feira: 7h (Celebração)
3ª feira: 7h e 19h30
4ª feira: 7h e 19h30 (Setor)
5ª feira: 7h, 12h15 e 19h30
6ª feira: 7h e 15h 
Sábado: 17h (Primeira Eucaristia) 19hB (Igreja e CP4)
Domingo: 7h30, 10h, 12h, 17h30
e 19h30

Programação válida de 20/10 a 26/11

Confissões

Essa semana somente para crianças que vão fazer a primeira eucaristia

3ª feira: 17h30 e 19h30
4ª feira: 17h e 19h30
5ª feira: 9h30 e 11h
6ª feira: 17h e 19h
Sábado: 10h 

Chegar com 40 minutos de antecedência

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(12) 3931-2959

Avenida Cassiopéia, 461
Jardim Satélite, São José dos Campos/SP
12230-011

 

Regiao Pastoral V Banner site